O Fermento

Loading...

Existem diversos tipos de fermento, isto é, de substâncias que provocam fermentação.

Uns são adequados à confecção de bolos – fermento químico, outros são indispensáveis ao fabrico de pão – fermento biológico.

Fermento químico

O fermento químico é composto pela mistura de bicarbonato de sódio e um ácido (fosfato de cálcio, sulfato de alumínio ou creme tártaro), que actua durante a cozedura da massa, libertando um gás que forma bolhas e torna as massas fofas!

As massas confeccionadas com este tipo de fermento não necessitam de levedar e devem ir imediatamente ao forno.

Substituição: bicarbonato de sódio (O bicarbonato de sódio quando aquecido, libera gás carbónico e faz o bolo crescer, por isso é um excelente fermento químico para massas)

O Fermento 1

Fermento biológico

O fermento biológico, ou fermento de padeiro, fresco ou seco, é constituído por um tipo de levedura (um microrganismo vivo) que requer um período mais alargado de actuação. Por este motivo, as massas feitas com este tipo de fermento devem levedar algum tempo, após terem sido sovadas ou amassadas e antes de irem ao forno.

Com o fermento de padeiro fresco obterá melhores resultados, este é o que se utiliza nas padarias. Pode encontrá-lo à venda mesmo nas padarias e é muito mais barato do que o fermento seco . Este fermento não se usa directamente na massa de pão, tem de ser diluído em água ou leite. Tem de ser conservado no frio e tem um prazo de validade muito curto.

 

Fresco

O Fermento 2

Usar 25 gr por cada 500 gr de Farinha.

(não deve ser congelado pois perde as suas propriedades básicas)

Seco

O Fermento 5O Fermento 4O Fermento 3

Usar 11 gr por cada 500 gr de Farinha.

Como o fermento fresco é cerca 2 vezes mais fraco que o fermento seco, toda vez que a receita pedir por ele e você só tiver o seco em casa, basta usar 1/2 da medida de fermento biológico seco.

Poderá gostar...

1 Resposta

  1. Grata pela informação foi me muito útil. Boas receitas…

Deixe uma resposta

Loading...